Redução do consumo de energia e
Melhoria do conforto termo-acústico

Para redução do consumo de energia, otimização da iluminação natural e melhoria do conforto termo-acústico foram especificados os seguintes materiais e tecnologias:

Vidro Autolimpante Vidros com película Iluminação com LEDs Telhado verde

Vidro Autolimpante

O vidro é um material 100% reciclável, mesmo quando espelhado ou metalizado. Preocupada com o meio ambiente a Cebrace reaproveita as sobras de vidro do processo produtivo na fabricação de novos vidros. O Bioclean é um vidro autolimpante para usos externos, particularmente adequado para áreas bastante poluídas, que permite uma visão clara através dele, mesmo em dias de chuva, o que acarreta tanto numa redução do consumo de energia quanto numa redução no uso de detergentes que agridem o meio ambiente.

Película de Proteção Solar 3M

A película de proteção Ultra-Prestige da 3M oferece alta proteção contra a exposição excessiva ao sol, permite maior durabilidade, redução de 97% de raios infravermelhos e 99,9% de raios ultravioletas e nenhum risco de corrosão

Telhas e Placas Ecotop

Placas e telhas produzidas a partir de materiais 100% reciclados. São compostas por 25% de alumínio e 75% de plástico proveniente de tubos de creme dental, material de difícil degradação na natureza, e seus processos de fabricação não geram nenhum tipo de efluentes ou poluentes atmosféricos. Possuem alta resistência, grande durabilidade e geram isolamento termo acústico.

Luminária de LED

O LED é uma tecnologia que supera a iluminação convencional. Trata-se de um chip emissor de luz que também é chamado de "SOLID STATE LIGHTING". A substituição das lâmpadas pelos "LEDS" pode resultar numa economia que varia de 50% a 80%, dependendo da utilização, com a vantagem de ser um aparelho com duração de 15 anos sem manutenção. Seu raio luminoso é livre de UV e de calor e seu tamanho compacto proporciona maior flexibilidade nos projetos.

Aquecimento Solar

O sistema de aquecimento solar é uma das tecnologias mais promissoras para os desafios energéticos do novo milênio. Tendo o sol como fonte geradora de  energia este sistema proporciona ganhos ao meio ambiente, uma vez que o sol é uma fonte de energia renovável, limpa e gratuita. Para cada metro quadrado de coletor solar instalado poderia-se evitar a inundação de 56m² de terras férteis na construção de novas usinas hidrelétricas.

No Brasil, aproximadamente 90% das residências possuem chuveiro elétrico, item que contribui com 23% do consumo de energia elétrica doméstica. Os SAS - sistemas de aquecimento solar - favorecem uma considerável redução no valor da conta de energia, e ainda possibilitam a recuperação do investimento inicial em até 18 meses. Soma-se a redução do impacto sobre a matriz energética brasileira, na qual a demanda dos chuveiros elétricos no horário de pico corresponde a 8,5% da demanda total neste horário. Em várias cidades brasileiras, inclusive na capital paulista, leis municipais tornaram obrigatória a instalação de SAS para as novas construções.

Telhado Verde

O telhado verde consiste na aplicação de vegetação sobre a cobertura de edificações, melhora as condições termo acústicas e contribui no combate do efeito estufa e ilhas de calor.
O sistema modular em bandejas, aplicado no Ecoloft é composto por módulos já vegetados dispostos lado a lado e sua utilização proporciona uma série de vantagens:

  • Melhora o conforto termo-acústico;
  • Mantém a umidade relativa do ar constante no entorno das edificações;
  • Contribui no combate ao efeito estufa, pois ajuda no sequestro de carbono da atmosfera;
  • Ajuda no combate às enchentes, pois aumenta as áreas permeáveis nas edificações.

Este sistema é de fácil instalação e manutenção além de ser adaptável a praticamente todos os tipos de cobertura existentes como telhas cerâmicas, metálicas ou lajes.

Eletrodomésticos eficientes – Selo Procel A

O SELO PROCEL tem por objetivo orientar o consumidor no ato da compra, indicando os produtos que apresentam os melhores níveis de eficiência energética dentro de cada categoria. Também objetiva estimular a fabricação e a comercialização de produtos mais eficientes, contribuindo para o desenvolvimento tecnológico e a redução de impactos ambientais.